Dicas para melhorar seu código em Ruby e Rails

Dicas - 03/Jul/2019 - por Campus Code
Entregar um código melhor tem mais a ver com escolher as ferramentas certas para você e para o projeto. Os times de desenvolvimento de nossos parceiros selecionaram algumas que mudaram substancialmente a qualidade dos códigos produzidos.
Animação de um código sendo digitado no editor
1. Rubycritic

Essa gem compila outras gems de análises estatísticas – como Reek , Flay e Flog – para fornecer um relatório de qualidade do seu código Ruby. Ela usa o source control system para comparar as mudanças ainda não commitadas com seu último commit.

Imagem mostrando um gráfico de métricas de qualidade gerados
             pelo Rubycritic
2. RuboCop

Seguir à risca todas as recomendações de estilização de código Ruby pode ser uma tarefa cansativa. O RuboCop é uma ferramenta que vai ajudar nessa tarefa. Ele analisa seu código buscando por problemas e, além de gerar um relatório com todas as falhas, você pode tratar automaticamente algumas delas, agilizando muito o processo. Ele possui uma série de configurações que o tornam bastante flexível.

3. SimpleCov

O SimpleCov é basicamente uma ferramenta de análise de cobertura de código Ruby. Ele produz um relatório completo avaliando se seus testes cobrem todas as classes, métodos e páginas do seu projeto. Quanto maior sua pontuação, melhor cobertura você possui. Essa pode ser uma boa forma de medir a estabilidade da aplicação.

Imagem mostrando a cobertura dos testes e a porcentagem de
             cobertura das linhas
4. Bundler-audit

O bundler-audit é uma ferramenta que vai ajudar a manter sua aplicação segura. Ele compara o conteúdo do seu Gemfile.lock com um banco de dados onde estão reportadas versões vulneráveis de gems. Além disso, ele verifica se você está usando gems que possuem fontes não seguras.

5. Bullet

O Bullet vai te auxiliar na otimização da performance de sua aplicação, reduzindo o número de queries que ela faz. A ferramenta observa as queries realizadas durante o desenvolvimento e notifica quando melhorias podem ser feitas.

6. Rails best practices

Essa ferramenta de métricas de código verifica a qualidade do código Rails. E o mais legal: ela é colaborativa, então você pode sugerir a introdução de mais boas práticas aqui.

Imagem mostrando um exemplo de melhores práticas do site
7. Brakeman

Essa gem procura vulnerabilidades de segurança em aplicações Ruby on Rails ao analisar estatisticamente o código, em qualquer estágio de desenvolvimento.

*Colaboraram: Allan Siqueira, André Benjamim, Henrique Morato e Luis Arantes.